Arselino Tatto (PT)

Arselino Tatto (PT)
Partido dos Trabalhadores (PT)


Fax: (0xx11) 3396-3971

Telefone: (0xx11) 3396-4001/4002/4003

E-mail: arselino@tatto.com.br 

twitter  

Biografia

 

A história de Arselino Tatto tem início no ano de 1966, quando sua família troca a lavoura no Rio Grande do Sul e vai trabalhar na colheita de soja no Paraná.

Em 1972, na esperança de uma vida melhor, sua família vem para São Paulo. Na capital paulista começa a trabalhar como metalúrgico. De família católica, participa de forma atuante nas Comunidades Eclesiais de Base e em projetos sociais na Zona Sul de São Paulo.

No final da década de 1970, já envolvido com as Comunidades Eclesiais de Base participa da criação do PT, um partido que se apresentava como a única alternativa para os trabalhadores e para o povo.

Em 1983, participa da formação da CUT. Nesse período assume a Presidência do Diretório do PT de Parelheiros e integra o Diretório Municipal de São Paulo.

Os militantes do PT percebem em Arselino uma grande liderança e o lançam candidato a vereador, sendo eleito pela primeira vez em 1988. Participa da elaboração da Lei Orgânica do Município de São Paulo é considerado um dos vereadores mais ativos da Câmara Municipal.

Em 1992 é reeleito com uma das votações mais expressivas pelo Partido dos Trabalhadores.

De 1991 a 1994 atua como líder da bancada petista na Câmara Municipal. Em 1994 é candidato a deputado federal, sendo eleito primeiro suplente.

Em 1996 é reeleito vereador pela terceira vez, sendo o mais votado do PT.

Em 2000 é o segundo vereador mais votado do PT e o quarto mais votado na cidade com mais de 45 mil votos.

Durante os anos de vereança, Arselino Tatto propõe e aprova leis importantes para a população, atuando de maneira direta e decisiva nos problemas da cidade. Desenvolve ações concretas nos bairros e se estabelece como referência no PT.

Em 2003 assume a Presidência da Câmara Municipal de São Paulo com propostas de mudanças na maior Casa de Leis da América Latina.

Durante sua gestão na presidência do legislativo paulistano aprova a Reforma Administrativa. A Prefeita Marta Suplicy, num ato de reconhecimento pela importante conquista, homenageia Arselino Tatto dando-lhe o poder de sancionar a lei da Reforma Administrativa.

Desencadeia várias ações que mudam a imagem e a atuação da Câmara Municipal. Dá maior transparência aos trabalhos e moraliza o legislativo; se empenha em aprovar o maior número possível de leis nas sessões plenárias.

Arselino Tatto chega ao final de seu primeiro ano de mandato frente à Presidência entregando uma nova Câmara Municipal à São Paulo: moderna, enxuta, dinâmica, transparente e mais eficiente.

É reeleito presidente da Câmara em 2004, quando também é eleito para um novo mandato de vereador da Capital, sendo o mais votado entre os candidatos do PT e o segundo entre todos os que disputaram as eleições, com mais de 73 mil votos.

Em 2008, em mais uma disputa, Tatto recebe uma votação expressiva, com 59.292 votos é o segundo mais votado do PT, dando início ao seu sexto mandato parlamentar.

 Perfil no Portal da CMSP