Vereadores debatem financiamento para a Saúde

06/10/2011 06:15

 

RenattodSousa
RenattodSousa

Na sessão ordinária realizada nesta quinta-feira (5) na Câmara Municipal de São Paulo, o vereador Gilberto Natalini (PV) criticou a maneira como o governo federal  faz a gestão dos recursos destinados à área da saúde. “Desde a década de 1960, os governos vem sucessivamente tirando o dinheiro que deveria ser dedicado ao SUS”.

Natalini apresentou dados para exemplificar a deficiência que enxerga no setor: “Na Alemanha, eles investem 10,7% do PIB em saúde. São U$ 3.250 per capita anuais. Aqui no Brasil esse valor cai para U$ 755 dólares por pessoa. Mas o principal problema é que de todo dinheiro destinado ao setor, 55,9% vai para o setor privado.”

O vereador entende que essa distribuição de recursos é a explicação para o Sistema Único de Saúde (SUS) “agonizar”. Natalini, que é médico, propôs que a Câmara crie uma comissão suprapartidária que iria até o Senado conversar com o presidente José Sarney (PMDB-AP) pedir que seja regulamentada a Emenda 29, que direciona os investimentos do poder público em saúde.

Natalini defende que o percentual de 10% dos recursos da União sejam destinados à saúde. Da verba estadual 12% e 15% dos municípios.

Fonte: Portal da CMSP