Votação do novo Plano Diretor de São Paulo é adiada

02/04/2014 06:36

Tema só poderá ser levado a plenário na semana que vem, contrariando aliados de Haddad

Matéria publicada originalmente pelo Estadão.com.br

Adriana Ferraz 

A Comissão de Política Urbana da Câmara Municipal agendou para o próximo dia 9 a votação do texto final do novo Plano Diretor de São Paulo. Dessa forma, o tema só poderá ser levado a votação a partir dessa data, contrariando a base aliada do prefeito Fernando Haddad (PT), que planejava aprovar o projeto em primeira discussão ainda nesta semana.

A decisão foi tomada no início da tarde desta terça-feira, 1º. Os vereadores que compõem o grupo consideraram que o tema é complexo e deve ser melhor estudado até chegar ao plenário. A realização de duas grandes audiências públicas, marcadas para sábado e domingo no auditório do Anhembi, também foram levadas em consideração. "Nos pareceu razoável aguardar mais essas discussões antes de votar o projeto", disse o vereador José Police Neto (PSD), que compõe a comissão.

O presidente do grupo, Andrea Matarazzo (PSDB), também se mostrou favorável ao adiamento. A equipe do vereador ainda discute mudanças no texto final, proposto pelo petista Nabil Bonduki (PT), relator do projeto. Nesta segunda, ele afirmou que a decisão mostra a seriedade com que os vereadores estão tratando o tema na Casa. "Todo mundo reclama que a Câmara aprova as matérias sem saber do que se tratam. Não está acontecendo isso com o Plano Diretor. Já fizemos 45 audiências públicas apenas na Casa", afirmou.