Vereadores aprovam cessão de terrenos para moradias

16/08/2012 08:29

RenattodSousa


Durante sessão extraordinária desta quarta-feira no Plenário da Câmara Municipal, os vereadores discutiram e aprovaram projetos do Executivo que tratam da cessão de terrenos para a construção de moradias populares e que visa anteder à necessidade de ampliação do Hospital de Guaianases, na zona Leste de São Paulo.

O PL 800/2005, que desapropria área na Vila Carrão para construção de casas populares, teve 29 votos a favor e 6 contra. O projeto foi debatido e o vereador Celso Jatene (PTB) lembrou que na região existe um condomínio, o que poderia inviabilizar a realização de uma concorrência. “Quem conhece o projeto sabe que ali há um condomínio com portão. Muitos vereadores que atuam na região sabem disso. Quero deixar um alerta para que prestemos atenção à leitura dos projetos. Não pode ser feita concorrência”, alertou. O projeto passou em primeira votação.

Também aprovado em primeira fase, o PL 50/2012, autoriza a transferência à Companhia de Desenvolvimento Habitacional (CDHU) de terrenos para a construção de habitações populares em Paraisópolis. O vereador José Rolim (PSDB) manifestou sua aprovação. “Tirar famílias das áreas de risco de Paraisópolis é muito importante. Durante muitos anos essas propostas só ficavam na conversa e nunca saíam do papel. Serão três mil moradias. Isso é uma realidade graças a governos comprometidos”, disse. O projeto teve 38 votos favoráveis.

O terceiro projeto do Executivo que foi deliberado e votado nesta quarta-feira desapropria um terreno ao lado do Hospital de Guaianases, visando sua ampliação. O    Projeto de Lei 463/2010    teve aprovação dos quarenta vereadores presentes ao plenário no momento da votação e deve voltar para ser apreciado em segunda votação na próxima semana.

Também foi aprovado nesta tarde em primeira fase de discussão o PL 37/2012, que prevê melhoramentos viários nos bairros Jardim Helena e Itaim Paulista. O vereador Zelão (PT) agradeceu o empenho dos colegas. “Falei com o governo sobre estas melhorias e eles me disseram a Câmara não havia votado ainda esse projeto. Quero agradecer a mesa por ter atendido ao meu pedido. Espero que possamos votar na próxima quarta-feira o Fundão da Zona Leste”, disse.

Estava previsto a retomada da discussão do Projeto de Lei 509/2012, o Plano Municipal de Habitação Social. O projeto, aprovado em primeira votação, foi debatido por duas sessões consecutivas, e voltará à pauta na sessão da próxima quarta-feira.

Fonte: Portal da CMSP