Vereador quer câmeras para monitorar praças de skatistas

23/08/2013 15:25

Do Blog de Diego Zanchetta

Vereador mais jovem da Câmara Municipal de São Paulo, George Hato (PMDB), de 32 anos, apresentou projeto de lei que obriga a Prefeitura a instalar câmeras em todas as pistas e praças usadas por skatistas na cidade. Segundo o parlamentar, a medida visa coibir o consumo e o tráfico de drogas nesses espaços. Ele defende o monitoramento, por exemplo, de quem anda de skate na Praça Roosevelt, no centro.

“No meio dos skatistas a maioria das pessoas são de bem. Mas no meio tem pessoas que podem estar fazendo coisas ruins, como o tráfico (de drogas) e o consumo. Tem o pai que quer levar o filho dele andar nessas praças, e ele não tem segurança alguma”, argumenta o vereador, filho do deputado estadual Jooji Hato (PMDB), que foi vereador por sete mandatos consecutivos entre 1982 e 2012. “Com as câmeras dá pra acionar a GCM ou a PM e prevenir a ação de marginais.”

Hato defende que os espaços usados por skatistas sejam fechados e com regras pré-estabelecidas, como o uso obrigatório de capacetes. “A câmera deve ser usada de forma preventiva contra os delitos”, acrescenta o parlamentar, que costuma andar de skate no Parque da Independência. O projeto de lei começa a tramitar nas comissões do Legislativo na próxima semana.

George Hato (PMDB) anda de skate no Parque da Independência: vereador quer coibir uso de drogas em praças com instalação de câmeras