Vereador José Américo é o novo presidente da Câmara

01/01/2013 20:01

RenattodSousa
MESA-CMSP-112013-RttodSousa__0073-72-CAPA

O vereador José Américo (PT) foi eleito nesta terça-feira presidente da Câmara Municipal de São Paulo. O novo líder do Legislativo disputou o cargo com Toninho Vespoli (PSOL), que recebeu apenas um voto, contra os 51 de Américo.

A eleição da Mesa Diretora foi realizada após a cerimônia de posse do prefeito Fernando Haddad (PT), da vice-prefeita Nádia Campeão (PCdoB) e dos vereadores eleitos em outubro do ano passado.

Durante o seu discurso, Américo agradeceu a seus pares “pela confiança e carinho”. “Estou muito feliz por assumir esse cargo na sequência de grandes parlamentares que estiveram na presidência da Câmara Municipal e contribuíram para os avanços do Legislativo paulistano”, declarou Américo, citando como exemplo os ex-presidentes Arselino Tatto (PT), Antônio Carlos Rodrigues (PR), José Eduardo Cardozo (atual ministro da Justiça), Nelo Rodolfo (PMDB) e José Police Neto (PSD).

Ainda durante sua fala, Américo destacou a importância de a Câmara Municipal trabalhar com autonomia e promover o diálogo com a sociedade. “Daremos apoio incondicional ao Haddad para que ele faça um bom trabalho e também queremos fortalecer a Câmara, já que a democracia é ampliada na medida em que temos um Legislativo forte”, ressaltou.

Na sequência, o vereador Marco Aurélio Cunha (PSD) foi eleito 1º vice-presidente da Casa, e declarou que sua meta é “realizar um trabalho para que a Câmara Municipal funcione da melhor maneira possível”.

Para a 2ª vice-presidência foi conduzido o vereador Aurélio Miguel (PR), que afirmou, em seu discurso, “que pretende fazer um bom trabalho em prol da capital paulista”.

A Mesa Diretora ainda será integrada por Claudinho de Souza (PSDB) como 1º secretário; Adilson Amadeu (PTB) como 2º secretário; Gilson Barreto (PSDB) como 1º suplente; e Dalton Silvano (PV) como 2º suplente. Já o vereador Rubens Calvo (PMDB) foi eleito corregedor-geral da Câmara Municipal de São Paulo, com 50 votos favoráveis.

Fonte: Portal da CMSP