Santistas homenageiam Neymar e centenário com títulos e samba

08/05/2012 06:45

Foto: Ricardo Matsukawa/Terra  

Emanuel Colombari
Direto de São Paulo
 

Neymar recebeu o título de Cidadão Paulistano na noite desta segunda-feira, em cerimônia realizada na quadra de uma torcida organizada na cidade de São Paulo. Breve, o astro fez no local o que sabe de melhor: driblou os marcadores e cativou a torcida. E mesmo com o protocolo do momento, os torcedores santistas tiveram motivos de sobra para a comemoração, fosse no palanque ou na quadra da torcida.

Marcado para começar a partir das 19h30, o cerimonial só teve início às 20h35, uma vez que o principal homenageado da noite se atrasou no trânsito do começo de noite de São Paulo. Enquanto isso, torcedores procuravam lanches e bebidas fora da quadra, fazendo festa para aguardar o mais recente ídolo do clube da Vila Belmiro. Em uma van no local, o cachorro quente era vendido por R$ 4.

Antes que Neymar chegasse, o sistema de som executava diversos sucessos internacionais das rádios, nas vozes de Adele, Amy Winehouse, Joss Stone e outras estrelas. No fundo da quadra, enquanto posavam para fotos, membros da organizada improvisavam uma versão do emergente sucesso "Para nossa alegria", do grupo Capital.

Às 20h35, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, presidente do Santos Futebol Clube, subiu ao palco para dar início à festa. Ao lado dele estava o vereador Celso Jatene (PTB), proposente da homenagem e ex-presidente da organizada que recebeu o evento da noite, além de diversas autoridades públicas e representantes da torcida. Antes que Neymar subisse ao palco, o sistema de som do barracão executou também o Hino Nacional Brasileiro, para o qual apenas Luis Álvaro se virou em direção à bandeira do Brasil.

Até então respeitosa, a torcida presente fez a primeira grande festa para o Hino do Santos, executado na sequência. Após breve discurso justificando a homenagem a Neymar, Jatene pediu para a torcida chamar o nome do craque ao palco. Atrasado, mas sorridente, Neymar subiu de boné para trás e jaqueta esportiva, fez um breve discurso de agradecimento e posou ao lado do pai, Neymar dos Santos, para fotos. Apressado, saiu para outro compromisso.

Em seguida, já sem Neymar, Jatene deu sequência à sessão solene da Câmara dos Vereadores de São Paulo, entregando a Salva de Prata a Luis Álvaro para celebrar o aniversário de cem anos do Santos Futebol Clube, comemorado em 14 de abril. Em seu discurso, o dirigente destacou a história alvinegra.

Ao fim da homenagem, por volta das 21h20, Jatene comemorou a festividade com um sonoro "é nóis", lembrando que "a Câmara de Vereadores nunca teve uma sessão como esta". Para não deixar dúvidas da declaração do vereador, a organizada do local apresentou sua versão de "Leão do Mar", hino extraoficial do clube, acompanhado de muito samba.

Fonte: Portal Terra

 

Nota:

Sabe quem paga esta conta?

O seu e o meu dinheiro financiando campanhas políticas disfarçadas.

Alecir Macedo - Integrante da Rede Adote um Vereador