Saiba porque o plenário da Câmara Municipal está sempre vazio

18/11/2011 08:24

 

A presença da equipe do programa CQC da Rede Bandeirantes na quarta-feira,  causou maior furor no Plenário da CMSP na tarde de ontem (17/11). Com um relatório de presenças em plenário e comissões, supostamente fornecido pela Transparência Brasil, tentou entrevistar alguns vereadores que preocupados com suas imagens em véspera de ano eleitoral resolveram protestar.

O protesto veio em forma de justificativas e acusações por parte de alguns vereadores que não se conformam com o fato de serem acompanhados - ou fiscalizados - por movimentos que frequentam a casa.

Para evitar acusações de parcialidade, relacionamos abaixo a fala de todos os vereadores que protestaram e pediram providências por parte da Presidência da Casa na tarde de ontem:

 

Vereador Antonio Carlos Rodrigues (PR) - Puxou o cordão

Vereador Adilson Amadeu (PTB) - Pediu fiscalização da Presidência aos Movimentos que fiscalizam a casa

Vereador Agnaldo Timóteo (PR)  - Critica o Movimento Voto Consciente e sugere a proibição de parte da mídia na casa

Vereador Alfredinho (PT) - "A  imprensa só comparece as sessões quando a pauta é negativa."

Vereador Arselino Tatto (PT) - Críticas ao Movimento Voto Consciente

Vereador Carlos Apolinário (DEM) - Criticas a Transparência Brasil e acusações de corrupção por parte de seus dirigentes

Vereador Celso Jatene (PTB) - "Sessões extraordinárias são convocadas e não pagam JETONS"

Vereador Dalton Silvano (PV) - "As pessoas não conhecem o regimento"

Vereador Eliseu Gabriel (PSB) - "Eles estão usando uma base de dados errada, compromentendo inclusive nossa dignidade"

Vereador Francisco Chagas (PT) - Movimentos que fiscalizam seu trabalho vão contra a vontade da população que o elegeu

Vereador Gilson Barreto (PSDB) "Essas organizações não acompanham bem o trabalho do parlamentar"

Vereador Italo Cardoso (PT)  - Endossa a pergunta do ver.Carlos Apolinário e também quer saber quem financia as ONGS que os fiscalizam.

Vereador José Rolim (PSDB) - Se diz vítima de discriminação pelo Movimento Voto Consciente

Vereadora Sandra Tadeu (DEM) - Questão de Matemática: das 12,00 as 15,00 horas = 4 horas

Vereador Senival Moura (PT) - "Minha ausência aqui não representa falta"

Presidente da Casa - Vereador José Police Neto - Esclarecimentos

 

Fonte: Portal da CMSP

Por: Alecir Macedo

Integrante da Rede Adote um Vereador