Presidente da Câmara declara guerra a revista Veja

25/02/2014 21:13

Atualizado: 27/02/2014 7:00

Por Alecir Macedo

Foto: Auditórios Online

Como sempre o Vereador Presidente da Câmara Municipal, José Américo - PT, chegou a reunião com a Mesa Diretora atrasado em mais de trinta minutos, como é de costume, aparentando bom humor foi logo abrindo a reunião a sua maneira informal, fazendo gracinhas.

Após um ou dois minutos, começou a reunião tentando explicar a matéria publicada pela Veja no final de semana a seu ponto de vista, ou seja, atacando. "No final de semana saiu na revista Veja uma matéria feita contra nós, o ex-presidente Police teve uma participação grande, ele tem todo o direito, acho que ele tem seus motivos né, por motivos políticos. É anti-ético fazer esse tipo de coisa, mas de qualquer forma cada um é cada um." Comentou sobre a resposta divulgada a imprensa, no dia de ontem, e fez o seguinte comentário: "A revista Veja estava de má fé, uma revista de extrema direita, você sabe como é que é... como o canal Fox nos Estados Unidos, pega um ponto de vista, desenvolve e não quer nem saber... estilo Fox de informação". Fez um resumo da nota distribuida a imprensa e mais tarde repetiu a dose em plenário, aproveitando que as sessões estavam esvaziadas, teve o apoio do Vereador Ricardo Young (PPS). "Não é de hoje que a revista Veja não prima mais pela qualidade".

Estava estranhando o silêncio do Vereador Police Neto (PSD), quando no início da noite encontrei um cometário seu no Facebook, que transcrevo abaixo, o destaque fica por minha conta:

"O rigor imposto por nosso controle da obra realizado pela primeira experiência da Controladoria Pública Municipal foi tão eficiente que impediu que o Parlamento perdesse dinheiro e qualidade na obra. Infelizmente não conseguimos entregar a obra, é verdade. Mas nenhum centavo foi gasto sem a contrapartida o serviço realizado. Aplicamos inúmeras multas e sanções. A maior prova do encaminhamento correto é que responsável pela obra é hoje secretário-geral do presidente José Américo. Uma pena que Zé Américo tenha extinguido a controladoria."

Como podemos ver, em nenhum minuto o Vereador José Américo citou o tal responsável pelo obra, parece que deu mais um tiro no pé.

Infelizmente, não sei quando o vídeo da reunião será disponibilizado no Portal da CMSP, visto que o vídeo da última reunião com a Mesa Diretora (12/02) ainda está indisponível por lá.

Hoje a guerra está declarada contra a revista Veja, no início do mês foi com o Estadão -quando tentou desqualificar o belo trabalho da Jornalista Adriana Ferraz-, há alguns dias atrás, em um daqueles bate-bocas entre petistas e tucanos em plenário, o Vereador Alfredinho (PT), criticou um Vereador -infelizmente não me lembro qual- dizendo que ele estava viajando com a Folha. Como pode-se ver a imprensa não é bem vinda a Casa do Povo, por razões óbvias, como disse o Vereador Arselino Tatto -outro que renega a Veja- a Sonia Barboza (Diretora do Movimento Voto Consciente) dias destes "nós somos o poder".

Fica aqui o nosso registro e, convidamos você cidadão paulistano a acompanhar mais de perto os acontecimentos na nossa Casa, pois com o correr da carruagem, em breve sómente a imprensa chapa branca terá o direito de divulgar os acontecimentos por lá.

Adote um Vereador!

 

Ouça o áudio, aproveite para ver como tratam nosso dinheiro e tire suas conclusões:

Atualização:

O vídeo já está disponível no portal da Câmara, na busca coloque 25/02/2014 e Mesa Diretora - Reuniões Ordinárias