Polícia divulga imagens de furto na Câmara de SP

20/10/2012 07:46

Grupo levou quatro notebooks do plenário da Casa na terça-feira, 16; ninguém foi preso até esta sexta-feira, 19

SÃO PAULO - A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira, 19, as imagens do circuito interno da Câmara Municipal de São Paulo que registraram a ação de um grupo acusado de furtar quatro notebooks na tarde da terça-feira, 16. A gravação compõe o inquérito policial registrado no 1º Distrito Policial (Sé). Até a tarde desta sexta, ninguém foi identificado ou preso pela polícia.

A Câmara informou que pretende aumentar a segurança do local com a instalação do dobro de câmeras de segurança - hoje com 28 aparelhos. Além do aumento de vigilância, uma equipe deve ser contratada para acompanhar o registro das imagens em tempo real. Antes do furto dos notebooks, todos os vídeos eram arquivados e, quando necessário, recuperados para análise. As novas regras de segurança serão discutidas com uma equipe da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal.

Os quatro computadores foram furtados por um grupo orientado por uma mulher. Três homens em trajes sociais aproveitaram o intervalo dos trabalhos para agir. Eles pegaram os equipamentos da bancada dos vereadores, colocaram em mochilas e saíram pela porta de entrada.

Veja as imagens do circuito de segurança

 

Este foi o segundo caso de furto em três meses. Em meados de julho, uma câmera de estúdio e 12 cartões de memória foram levados de dentro da TV Câmara, o canal de televisão que funciona no primeiro andar, ao lado do plenário.

As máquinas furtadas foram instaladas há cerca de dois meses para acelerar os processos de discussão e votação dos projetos. Todos os equipamentos foram comprados ao preço unitário de R$ 2.051. Segundo a presidência, os equipamentos tinham seguro e serão repostos, sem prejuízo aos cofres públicos.