Plano de Dados Abertos do Parlamento

20/06/2011 18:09

O Plano de Dados Abertos do Parlamento foi criado pelo Ato da Mesa nº 1156/2011, com a finalidade de disponibilizar bases de dados e de informações não sigilosas, de forma eletrônica e em formato aberto, em conformidade com os princípios da administração pública e com observância de recomendações aceitas internacionalmente, como as emitidas pela Open Knowledge Foundation e pelo Consórcio W3C Internacional.

Entende-se o conceito de dados abertos como dados que qualquer cidadão possa utilizar, reutilizar e distribuir livremente, ressalvando-se, no máximo, a exigência de atribuição e compartilhamento.

Principais referências:

http://opendatamanual.org

http://okfn.org

http://www.w3.org/TR/gov-data

http://www.w3c.br

 


 

Dados disponibilizados em formato aberto:

Presença de Vereadores em Sessões Plenárias Ordinárias e Extraordinárias

(na página de Presenças, selecione a data e depois clique em "Baixar arquivo em padrão de dados abertos (XML)"; o procedimento é análogo ao se selecionar um mês ou uma sessão legislativa)

Votações em Sessões Plenárias Ordinárias e Extraordinárias

(na página de Votações, selecione a data e depois clique em "Baixar arquivo em padrão de dados abertos (XML)"; o procedimento é análogo ao se selecionar um mês ou uma sessão legislativa)

Dotações Orçamentárias da Câmara Municipal de São Paulo - exercício 2011

 

Dotações Orçamentárias da Secretaria Municipal de Educação - exercício 2011

 

Fonte: Portal da CMSP