Piso salarial do funcionalismo municipal será de R$ 1.132,50

21/05/2013 18:26

 

Os vereadores aprovaram nesta terça (21/5) o aumento do piso salarial dos servidores públicos municipais, que passa a ser de R$ 1.132,50. Segundo o Portal da Transparência da Prefeitura, atualmente há 149 servidores municipais que recebem uma remuneração bruta inferior a esse valor.

Projeto de Lei (PL) 155/2012, aprovado na forma de um substitutivo da Comissão de Finanças e Orçamento, estabelece que remuneração bruta mensal dos servidores públicos municipais não poderá ser inferior R$ 1.132,50, no caso dos servidores de nível básico, e R$1.380 para os servidores de nível médio. Uma emenda da liderança do governo incluiu os funcionários da autarquia hospitalar municipal entre as categorias beneficiadas pela lei.

O PL, que tramita desde o ano passado na Câmara, também concedeu aumento aos servidores, nos seguintes valores: 0,01%, a partir de 1º de maio de 2011, 0,82% a partir de 1º de novembro de 2011, e 0,01% a partir de 1º de maio de 2012.

Embora matéria tenha sido aprovada por unanimidade pelos parlamentares, a oposição questionou os valores dos reajustes, considerados muito baixos. A bancada do PSDB tentou emplacar um substitutivo que aumentava os salários de acordo com a inflação do período, mas não conseguiu assinaturas suficientes para levá-lo à votação.

"É o mesmo substitutivo apresentado pelo PT no ano passado", provocou durante a sessão o vereador Aurélio Nomura (PSDB). O líder do PSDB, Floriano Pesaro, afirmou que o partido não era contra o mérito do projeto, mas criticou o governo por incluir na lei um aumento de 10,19% para os funcionários do quadro dos profissionais da educação a partir de 1º de maio - reajuste que já era previsto na Lei 15.215, aprovada em 2010.

"O prefeito não fará nada além de cumprir com seu dever." afirmou o tucano. "Os percentuais se referem a conquistas dos professores em 2010 e 2011.”

Em resposta, o vereador Reis (PT), questionou os aumentos concedidos durante as gestões Serra e Kassab, ambas apoiadas pelo PSDB. "Na administração anterior os funcionários públicos não ganharam nem 2% de reajuste", declarou o petista. “Isso, para cinco meses de governo, é uma grande conquista."

O vereador Alfredinho (PT) também usou seu tempo na tribuna para defender o projeto. "Temos que elevar o piso dos que ganham menos para fazer justiça com esses servidores", disse.

Como o projeto recebeu emendas dos vereadores, ainda precisará passar pela Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa, que dará a redação final. Daí, a matéria segue para a sanção do prefeito Fernando Haddad.

Fonte: Portal da CMSP