Na reta final - Eleições 2014

29/09/2014 07:44

Por Alecir Macedo - Integrante da Rede Adote Um Vereador

 

 

Estamos entrando na semana decisiva para o nosso futuro, no domingo estaremos elegendo aqueles que poderão mudar ou manter a atual situação do país. As pequisas mostram que apenas 12% do eleitorado já definiu seu candidato para os legislativos, é muito pouco em uma época em que muito se exige mudanças no destino do país.

A escolha de um bom Legistalivo é tão importante quanto a escolha do Executivo, são eles que terão a obrigação de legislar e fiscalizar. A melhor maneira de escolher um candidato é acompanhando seu trabalho, pesquisando seu passado, quem são seus doadores de campanha, quais seus planos e projetos para os proximos quatro anos, o que ele tem feito para merecer seu voto, ele fez uma campanha limpa e respeitou seu direito como cidadão, se ele é ficha limpa, enfim existem várias maneiras para escolhermos o melhor candidato e as chances de erros serão menores. Evite votar em puxadores de votos, são aqueles candidatos/celebridades ou polêmicos cuja função é arrastar candidatos fichas sujas em quem você jamais votaria, números fáceis de decorar como: ABCD - EEEE - DEFG - DDGG - ABAB  entre outros -é aí que estão os golpes de partidos mal intencionados-.

Você que em junho/2013 mostrou sua insafistação com a política vigente no país, lotando as ruas, protestando e clamando por mudanças, agora chegou a sua oportunidade de melhorar tudo que está aí. 

Infelizmente, as pesquisas de intenções de votos mostram uma triste realidade em São Paulo, os cinco candidatos a Câmara Federal preferidos pelos eleitores, temos um ficha suja procurado pela Interpol desde 2010, um palhaço que já esteve por lá, nada fez em quatro anos e promete consertar a "Brasília", um que usou verbas de gabinete para comprar passagens aéreas para esposa e filha em 2008 e 2009, outro cujo pai é ex-ministro da Agricultura que pediu demissão após denuncias de corrupção, e por fim, um é acusuado em dois processos no STF -um por racismo e homofobia e outro por estelionato-. 

Sabemos da correria que a vida nos impõe no dia a dia, mas procure um tempinho para refletir e escolher seu candidato durante a semana, não deixe para a última hora, é com isso que eles contam para conseguir seu voto. 

Lembre que seu futuro depende exclusivamente de seu voto, depois é tarde para reclamar e protestar e tudo continuará como está.

Proteste com cidadania, na urna!