MP arquiva investigação contra presidente da Câmara de SP

06/07/2016 20:54

Matéria publicada originalmente pelo Portal G1/SP

Promotoria não achou provas de que ele recebeu propina da máfia do ISS.
Parlamentar não era investigado na ação do MP contra a máfia.

 

O Ministério Público de São Paulo arquivou a investigação contra o presidente da Câmara Municipal de São Paulo, vereador Antônio Donato (PT).

Essa ação, agora arquivada, era a única que existia contra o vereador Donato. O parlamentar nunca foi investigado na ação contra a máfia do ISS.

A apuração foi aberta em novembro de 2013 após o ex-servidor da Prefeitura de São Paulo, Eduardo Barcellos, um dos integrantes da quadrilha que fraudava o ISS, ter afirmado ao  Ministério Público que havia dado dinheiro ao vereador entre dezembro de 2011 e setembro de 2012.

Após a denúncia do ex-auditor, em novembro de 2013, Donato pediu afastamento do cargo  de secretário de governo, que ocupava desde o início do ano na administração municipal e voltou à Câmara, onde foi eleito presidente dezembro de 2014  e reeleito em dezembro de 2015.