Líder do PSDB é contra mudança de nome do Viaduto do Chá

02/04/2013 14:02

Diego Zanchetta

O vereador Floriano Pesaro, líder do PSDB na Câmara Municipal, afirmou ser contrário ao projeto de lei que inclui o nome do governador Mário Covas (1930-2001) no Viaduto do Chá, um dos cartões-postais de São Paulo. “Não podemos mudar a história, acho que o próprio Covas seria contrário a essa iniciativa”, argumenta o líder tucano.
Pesaro foi um dos dez vereadores que não assinaram o projeto que altera o nome do Viaduto do Chá. A iniciativa foi do vereador decano do Legislativo paulistano, Wadih Mutran, e contou com a assinatura de 45 dos 55 parlamentares

O próprio filho de Covas, o vereador Mario Covas Neto (PSDB), não assinou apoio à proposta. Mas disse se sentir constrangido em ser contrário à homenagem. “Não me parece razoável mudar o nome de um local que é um marco na cidade”, afirmou. “Não vou mover uma palha para que isso aconteça (aprovação do projeto). Mas também não posso ser contra. Homenagem a gente não escolhe.”

Publicado no Estadão.com.br/blogs