Laudo confirma que vidros da Câmara foram atingidos por tiro

10/09/2013 19:39

Foto: Estadão

O laudo pericial do Instituto de Criminalística concluiu que os vidros quebrados da fachada da Câmara Municipal no dia 20 de julho foram alvo de pedras e disparo de arma de fogo.

A depredação ocorreu durante um ataque noturno, momento em que a Câmara estava fechada. Segundo a cópia do laudo encaminhada à presidência da Casa, “o rompimento da folha de vidro da fachada térrea indica correlação com impacto de objeto (disparo de arma de fogo), com orientação de fora para dentro”.  Constata ainda que foram encontrados fragmentos de arma de fogo sobre o piso.

“O inquérito foi registrado no 8º Distrito, para onde encaminhamos imagens de nossas câmeras de segurança. Com base no ocorrido, encaminhamos à presidência sugestões para reforçar a segurança das pessoas que trabalham ou transitam pela Câmara, como a colocação de vidros blindados na fachada”, disse o oficial-adjunto da assessoria militar da Câmara, tenente Luiz Eduardo Picini.

Fonte: Portal da CMSP

Matéria relacionada:

PPS coloca sob suspeita licitações milionárias da Câmara