Feriado em dia de jogo do Brasil não é aprovado

19/06/2014 07:15
Renattodsousa / CMSP
PLENARIO-1862014-Rtto__5504-72-ABRE
As três sessões convocadas para esta quarta foram encerradas por falta de quórum

A base do governo tentou aprovar nesta quarta-feira (18/6) um projeto autorizando o prefeito Fernando Haddad a declarar feriado nos dias de jogo do Brasil na Copa do Mundo, mas a proposta não foi votada pelos vereadores. As três sessões extraordinárias convocadas para a tarde de hoje caíram por falta de quórum.

A decisão de tentar aprovar o feriado foi tomada depois da constatação dos problemas enfrentados pela população ontem (17/06), quando foram registrados grandes congestionamentos no início da tarde, pouco antes da partida da Seleção Brasileira. Na segunda, o temor do Executivo é que o problema seja pior, já que também será dia de jogo no Itaquerão.

“Quando teve o jogo de ontem, se constatou o problema que foi o trânsito. A partir daí se avaliou que era necessário [declarar feriado] na segunda-feira por causa dos dois jogos, que serão no mesmo horário”, declarou o líder do PT, Alfredinho. “Infelizmente não deu. Quem votou contra que se explique para a população quando o transito parar de novo na cidade”, completou o parlamentar.

Um dos vereadores contrários à proposta, Andrea Matarazzo (PSDB) acredita que a medida prejudicaria o setor comercial. “Ontem o trânsito não estava nem maior nem menor do que todo dia às seis da tarde”, afirmou o tucano. “Seriam cinco dias de feriado em uma cidade onde a economia está paralisada.” (Da Redação)

Fonte: Portal da CMSP