Falta vontade de trabalhar, ou é vergonha na cara mesmo?

22/05/2014 15:28

Por Alecir Macedo - Integrante da Rede Adote um Vereador

O quadro acima mostra como andam as coisas na Câmara Municipal de São Paulo, com 16 presentes, vereador Alfredinho (líder do PT) derrubou a Sessão Ordinária de hoje. Isso tem acontecido com frequência nos ultimos tempos, governistas e aliados vêm derrubando as sessões por falta de quórum e retirando o debate da Casa. O presidente desconvocou a sessão extrordinária e encerrou os trabalhos.

Sei que aqueles regimentalistas de plantão, como o vereador Dalton Silvano (PV) por exemplo, vão dizer que as obstruções são regimentais. Não estou preocupado com regimento, minha preocupação vai no sentido de exigir dos senhores parlamentares aquilo que foi prometido durante a campanha eleitoral que os elegeu para nos representar no Legislativo: TRABALHO!

Ajoelhados aos pés do Excecutivo, comandados pela arrogância de seu líder, nada mais acontece na Casa além de votação de projetos de interesse da base aliada. Por vez ou outra alguns projetos de vereadores são aprovados, sei bem que a cidade viveu e viverá muito bem sem certas leis aprovadas ali e, com certeza não farão falta alguma.

Minha indignação vai no sentido de que não há mais debates em plenário, só deboches, arrogâncias, descaso e muito desrespeito ao cidadão que se aventura assistir as sessões pela TVCâmara. 

A cidade viveu nos últimos dias problemas gravíssimos com a greve no transporte público, o que os senhores vereadores fizeram além de um breve bate-boca na sessão de ontem? Nada, nenhuma palavra que mereça consideração a respeito, com excessão feito ao pronunciamento (em um comunicado de liderança) do vereador Ricardo Young (PPS).

Gastamos, eu e você, por volta de meio milhão de reais por ano para manter aquele palácio e nada recebemos em troca, a não ser descaso e desrespeito. Não vou fazer nenhuma ressalva desta vez, aqueles que se sentirem homenageados que parem e pensem um pouco antes de reagir.