Coronel Camilo critica mudanças na Operação Delegada

28/08/2013 07:28

Luiz França / CMSP
PLENARIO-27-08-2013-FRANCA-06257-72peqO vereador Coronel Camilo (PSD) utilizou a tribuna nesta terça (27/8) para criticar a diminuição do efetivo da Operação Delegada. Segundo reportagem do 
Estado de São Paulo, o número de policiais empregados pela operação diminuiu de 3.439 para 1.853 neste ano.

Criada em 2009, a operação funciona como uma espécie de “bico oficial” para os Policiais Militares. Nas horas de folga, eles trabalham para a Prefeitura, principalmente no combate ao comércio ambulante ilegal.

“A Operação Delegada está sucumbindo”, lamentou Camilo. “Já estamos começando a ter problema com o número excessivo de ambulantes nas ruas de nossa cidade.”

Originalmente, o Programa de Metas da gestão Haddad previa a utilização de parte do efetivo empregado pela operação para patrulhar bairros de periferia à noite, mas a medida foi retirada do documento final, apresentado no início deste mês na Câmara.

Na ocasião, a secretária de planejamento, Leda Paulani, disse que a ideia não foi bem recebida pela população nas audiências públicas realizadas para debater o plano. “A população reclamou muito da violência dos policiais. Segurança é uma questão de Estado que o Município contribui na medida do possível”, declarou a secretária.

Fonte: Portal da CMSP