Câmara de SP paga estudo para ampliar sede em 3 andares

08/01/2013 06:53

GIBA BERGAMIM JR.
DE SÃO PAULO

A Câmara anunciou ontem a abertura de uma licitação para contratar um projeto para reformar e aumentar em três andares o Palácio Anchieta, sede do Legislativo paulistano. O gasto estimado é de R$ 2 milhões.

Quem ganhar a concorrência terá que elaborar um projeto para ampliar o espaço de 13 para 16 andares, fazer a remodelação da fachada e trocar o ar-condicionado.

"Contratamos o projeto executivo, que inclui a conclusão do projeto original da Casa, que previa 16 andares. Depois tomaremos a decisão, se faz parte ou se faz tudo [nova fachada e ampliação]", afirmou o presidente da Câmara, José Américo (PT).

A licitação para o projeto é uma de três abertas ontem que preveem juntas gastos da ordem de R$ 18,5 milhões.

A segunda é para a reforma do edifício-garagem Praça da Bandeira, anexo à Câmara, com custo estimado em R$ 11 milhões.

Segundo Américo, o prédio usado como estacionamento por funcionários está comprometido. "Há paredes rachadas, infiltrações e vazamentos que causam alagamentos", disse Américo.
A Câmara estuda também, em vez da licitação, consultar a ata de preços da prefeitura. Neste caso, contrataria diretamente as empresas que venceram licitações na prefeitura pelo preço da ata.

PUBLICIDADE

A terceira concorrência é para serviços de publicidade. Américo disse que o contrato para a propaganda não foi renovado no ano passado.

Os gastos previstos são de R$ 8,5 milhões por semestre. A verba prevê inserções em rádio e TV para anunciar audiências do Plano Diretor.

Como não poderá fazer campanhas publicitárias nos próximos meses, período previsto para a duração da licitação, a presidência também estuda fazer anúncios por meio da prefeitura, que descontará o valor do orçamento do Legislativo.

Matéria publicada originalmente na Folha de S.Paulo