Câmara aprova projeto que prevê inspeção anual para carros com 10 anos de uso

21/03/2013 06:25

Foto: Portal da CMSP

 

GILBERTO BERGAMIM JR.

DE SÃO PAULO

Os vereadores de São Paulo aprovaram, na noite desta quarta-feira, por 35 votos a 15, o novo projeto de inspeção veicular. O projeto, aprovado em segunda e última votação, prevê a vistoria anual apenas para carros com dez anos de uso. Veículos com até três anos de uso não farão inspeção. Já os de quatro a nove anos passarão pela inspeção apenas a cada dois anos.

As mudanças estão previstas para 2014. Neste ano, a inspeção continua como já ocorria nos últimos anos, obrigatória para todos os carros. O motorista que tiver o veículo aprovado na vistoria poderá pedir o reembolso da taxa. Como será feita essa solicitação deverá ser definido em uma regulamentação esperada para os próximos 60 dias.

Já a partir do próximo ano, os carros aprovados na inspeção passarão a ser isentados da taxa.

A proposta determina ainda que o contrato com a Controlar, responsável pela inspeção hoje, seja extinto. A definição das novas empresas que irão atuar deve ocorrer por credenciamento. Ou seja, vai ganhar quem oferecer menor preço.

Parte da bancada do PSD, do ex-prefeito Gilberto Kassab, votou contra. Entre eles estão José Police Neto, Marco Aurélio Cunha, Marta Costa e o Coronel Camilo.

  Joel Silva/Folhapress  
Funcionário faz inspeção veicular em carro no pátio da Controlar em SP; projeto de Haddad é criticado na Câmara
Funcionário faz inspeção veicular em carro no pátio da Controlar em SP; projeto de Haddad é criticado na Câmara

EMENDA

Antes da votação do projeto, a base aliada do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), apresentou uma emenda que suspendia, a partir de 31 de dezembro deste ano, a vistoria ambiental caso o governo de Geraldo Alckmim (PSDB) não implementasse o mesmo projeto em todo o Estado.

A emenda era vista como uma pressão para evitar a votação das outras cerca de 20 emendas apresentadas ao projeto. Ela, porém, foi retirada após ser discutida pelos vereadores.

  Editoria de Arte/Folhapress  

Matéria publicada pela Folha de S.Paulo