Câmara participa do "Outubro Rosa"

06/10/2011 06:28

RenattodSousa
RenattodSousaO Palácio Anchieta, sede da Câmara Municipal de São Paulo, ficou rosa na noite desta quarta-feira em sinal de apoio ao “Outubro Rosa” — movimento mundial de conscientização sobre o câncer de mama realizado todos os anos no Dia Mundial de Combate ao Câncer de mama.

O Outubro Rosa – mobilização que começou em 2008 e busca chamar a atenção da sociedade para a necessidade do auto-exame e do acompanhamento médico de uma das doenças que mais matam mulheres em todo o mundo – foi aberto oficialmente na última segunda-feira em São Paulo pela vereadora Sandra Tadeu e pela organização não-governamental Oncoguia, no centro da Capital.

“Sou médica e mulher e não poderia deixar de apoiar esse movimento. Nesta quarta-feira o prédio da Câmara Municipal está iluminado de rosa para lembrar a todos da necessidade de combater o câncer de mama”, explicou a Vereadora Sandra.

 

Dados
Segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer), em 2010 foram diagnosticados quase 50 mil novos casos da doença. No mundo todo, uma mulher morre vítima de câncer de mama a cada 68 segundos. “Como uma das representantes do sexo feminino no Legislativo da maior cidade da América Latina eu luto todos os dias para que os serviços de saúde sejam condizentes com as necessidades da demanda. Porque além da preocupação com o diagnóstico precoce e com o acompanhamento médico, faz-se necessário um atendimento de qualidade nos hospitais para que as mulheres que recebem o diagnóstico de câncer de mama sejam atendidas com dignidade”, apontou a parlamentar.

Ainda de acordo com o INCA, seis mulheres brasileiras recebem o diagnóstico de câncer de mama por hora. No mundo, a cada 24 segundos surge um novo diagnóstico.

Fonte: Portal da CMSP