Área cedida ao Instituto Lula abrigou galeria de loja, posto e hotéis

20/05/2012 09:35

Veterano do bairro diz que local deveria abrigar 'feirinha da madrugada'.

Memorial da Democracia deverá abrigar acervo do ex-presidente.

Roney Domingos Do G1 SP

Área ao lado da estação da Luz a ser cedida ao Instituto Lula  (Foto: Roney Domingos/ G1)No canto inferior, parte da área  a ser cedida ao Instituto Lula, próxima à estação da Luz e de antigos hotéis (Foto: Roney Domingos/ G1)

A área de 4,3 mil metros quadrados na Rua dos Protestantes que o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), anunciou que vai ceder ao Instituto Lula deverá abrigar o acervo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no chamado Memorial da Democracia. Mas o terreno, atualmente um estacionamento e um terreno baldio, abrigou durante quase meio século galeria de lojas, hotéis e posto de gasolina vinculados à época em que a antiga rodoviária da Luz era o principal ponto de chegada de migrantes a São Paulo. 

Leia a matéria completa no Portal G1