Alstom consegue mandado para não comparecer à CPI

17/10/2013 15:06

A empresa Alstom conseguiu na justiça um mandado de segurança que anula a convocação para comparecer à CPI do Transporte Coletivo. A decisão foi lida na reunião do colegiado nesta quinta-feira (17/10).

A medida foi concedida com a justificativa que não há interesse direto do Município nos contratos da Alstom com Metrô, uma vez que eles são firmados com o Governo Estadual.

Os vereadores pretendem recorrer da decisão, elaborando nova convocação com uma fundamentação que demonstre o interesse da CPI em ouvir o presidente da Alstom. "É estranho a Alstom não vir, se já ouvimos a Siemens, e hoje temos a Daimler-Chrysler ", disse o presidente da comissão, vereador Paulo Fiorilo (PT), citando outras empresas ligadas ao Metrô e CPTM.

Luiz França/CMSP
CPI-TRANSPORTES-17102013-FRANCA-02726-72_ABRE

Fonte: Portal da CMSP