Adote um Vereador: de cara nova e a espera da sua cara

11/08/2015 21:44

Por Milton Jung

 

 

Havia uma cara nova na camisa de cada um, apesar de não haver caras novas vestindo a camisa. No primeiro encontro do Adote um Vereador, em São Paulo, neste segundo semestre, fomos apresentados ao novo visual do grupo, criado pelo Christian e Fernando, dois artistas da serigrafia que se dispuseram a nos ajudar. O que antes era uma foto transformou-se em caricatura, como são alguns de nossos vereadores (não todos, é lógico). O jovem com lupa, cabelo bem aparado e cara de sério, ganhou ares de irreverência, como se fosse um convite para que assim sejamos no controle do trabalho desenvolvido pelos parlamentares.

Christian e Fernando doaram seu tempo para fazer as novas camisas

Christian e Fernando doaram seu tempo para fazer as novas camisas

Em 2008, quando iniciamos, éramos apenas uma ideia. Ganhamos adeptos e perdemos muitos. A nos consolar, o fato de que a semente se espalhou por outras cidades e ganhou forma própria. Alguns fiscalizam e analisam seus vereadores com critérios bem estabelecidos, outros apenas com o sentimento de um cidadão disposto a fazer mais pela sua cidade (e, convenhamos, isso não é pouca coisa). De vez em quando avançamos, outras, recuamos. Mas não desistimos. Insistimos.

Os que estavam na mesa do café do Pateo do Collegio, sábado passado, eram alguns dos insistentes. Alecir Macedo, que mantém o site e o blog do grupo, talvez seja o maior deles, pois está desde os primeiros momentos e aparece na Câmara, bate na porta do gabinete, ouve muito e fala mais ainda. Provoca reações nos vereadores e reclama de tudo e de todos. Inclusive dele próprio. Se não vai ate lá, senta-se diante do computador, se informa e dispara seus comentários. Provavelmente, se você sentar ao lado dele e ouvi-lo falando vai imaginar que é um descrente na mudança das coisas. Já não caio mais nessa. Pois quem não tem fé, não luta tanto quanto ele.

Adote um Vereador se encontrou no Pateo do Collegio, em São Paulo

Adote um Vereador se encontrou no Pateo do Collegio, em São Paulo

Ao nosso lado, também havia Sonia e Danilo, conhecidos de longa data de todos aqueles que se esforçam por uma cidade melhor. Eles sempre nos inspiraram, apesar de hoje darem a entender que cansaram de tanta luta. Eu sei que é só da boca para fora. O Danilo vai na Câmara, assiste à reunião dos líderes, participa das audiências públicas e protesta com seu olhar crítico e palavras certeiras. A Sonia integra, agora, o conselho de um dos parque da cidade e, também, nos ajuda a entender melhor o que acontece no legislativo municipal graças a sua experiência.

Os demais e todos os que se ausentaram, alguns, inclusive, que decidiram se calar, lamento, já foram contaminados pela ideia de que o cidadão tem de ser o protagonista de sua cidade. Por mais que pareçam desestimulados, precisam de muito pouco para voltar. E, tenho a esperança, de que uma nova imagem chame atenção deles e os faça renovar suas boas intenções e suas excelentes ações em defesa do nosso ambiente urbano.

Tenha certeza, o Adote um Vereador estará sempre disposto a recebê-lo de volta, de braços abertos e, agora, de camisa e cara novas. Se quiser vesti-la, é só nos encontrar no segundo sábado de todos os meses, lá no Pateo do Collegio, centro de São Paulo. Eu espero você. Até lá!